terça-feira, abril 18, 2006

Hope for the best, be prepared for the worst

Essa frase aí em cima é um dos 'lemas' da minha vida, que eu não diria que foi adotado pela Danilândia... Mas beleza.

Considerem este um post comunitário, porque a idéia de escrevê-lo veio da DaniB. O que ela me disse: "que momento que estamos vivendo, né!??!? ao mesmo tempo que existe um excesso de amor no ar, tb existe um excesso de dúvidas e medos (acho q isto daria um bom post...)" - Excesso de amor você me pergunta? É... excesso de amor... De forma generalizada na Danilândia...

E será que amor pode existir em excesso? Sim, pode, quando ele vem de várias fontes diferentes, deixando as Danis confusas, perdidas. Porque assim, dois terços da Danilândia prefere amor com sabor de fruta mordida, aquele relacionamento já estabilizado, calmo, gostoso, confortável, feito aquele moletom da sua adolescência, que você sempre veste quando precisa de casa. E excesso de amor não permite esse tipo de calor. Um terço da Danilândia ama se apaixonar, ama a turbulência, a crise, a montanha russa emocional, mas pra ser sincera, anda meio de saco cheio de tanta bagunça e está procurando um chinelo velho para os pézinhos bem cuidados, mas cansados.

O que é esse tal excesso de amor que eu estou falando? Para uma é a possibilidade futura agüando a presente; para outra é a possibilidade passada que ofusca as futuras; e para a terceira são as tentativas passadas minando a presente. Ficou confuso? Imagina a gente então! Porque vamos combinar que a Danilândia não é a terra das pessoas mais objetivas (pelo menos não em assuntos afetivos)... Vamos combinar que a Danilândia é uma terra sujeita a trovoadas, tempestades e mudanças climáticas bruscas.

Mas há uma luz no fim do túnel, we're hoping for the best, but prepared for the worst. Talvez semana que vem as dúvidas tenham sido esclarecidas, os medos vencidos e o amor acalmado. Talvez não, one can only hope...

6 comentários:

Lilian disse...

rs... a Danilândia = o amor, "sujeito a trovoadas, tempestades e mudanças climáticas bruscas". E também, geralmente, vê "uma luz no fim do túnel".Confuso.Perfeito Dan!

Dani Dani disse...

"Para uma é a possibilidade futura agüando a presente; para outra é a possibilidade passada que ofusca as futuras; e para a terceira são as tentativas passadas minando a presente": Fiquei tão confusa q não sei qual dessas Danis sou eu...

Anônimo disse...

Bom, eu também vivo com este lema, mas não sei se ele é o mais adequado aqui (se é que eu realmente entendi alguma coisa do que foi esrito).

Afinal, muito do que foi escrito não me parece nem "the best", nem "the worst", parece mais "the usual". Eu vejo as possibilidades passadas, presentes e futuras aguando, ofuscando e minando umas às outras o tempo inteiro. Não só no campo afetivo, não só no caso das Danis.

Acho que não é à toa que a Dani Dani não sabe qual das alternativas é ela, acho que todos nós somos as três alternativas.

Dani disse...

Lilian, por isso que eu te amo, porque você me aceita e acha perfeito até meu lado confuso!! ;-)

Tia, já te respondi pelo telefone, mas eu preparo uma explicação mais elaborada ao vivo ;-) E fique a vontade para discordar!

Anônimo, é... sou obrigada a concordar... e acho q vc entendeu boa parte do que a gente disse... mas nós somos meninas que geralmente têm uma vida calma e as coisas andam numa turbulência inacreditável... e não dá para escrever tudo em detalhes aqui, afinal, isso é um blog público...

DaniB disse...

É, eu concordo com o Anônimo que todas tem um pouquinho de cada situação e é isto que deixa o post mais legal, porém o momento o qual estamos passando, cada descrição é muito específica em qual Dani se encaixa...I think, I´m no prepared for the worst...

Dani disse...

it's ok sweetie, we're prepared enough to catch you if the worst comes :-)